Gerando confiança no processo de obtenção da parceria

Convenção dos Ministros e Igrejas Evangélicas Agregadas

 

Confiança e confiabilidade

Neste ponto iremos falar sobre a confiança e a fidelidade, dois fatores importantes na relação entre a Convenção e os convencionados. Gerar confiança é muito importante no processo de obtenção da parceria. Quanto mais aberta e clara, isto é, quanto mais transparentes forem as ações da Convenção e dos convencionados, maiores são as chances de um crescimento harmonioso entre ambas as partes.

Outro ponto importante é que ambas as partes devem fazer as informações circularem de forma aberta e lúcida, evitando, assim, distorções de entendimentos. Todos os convencionados, independentemente do seu porte, devem receber feedback da Convenção para que estes possam melhorar os possíveis pontos falhos.

Sobre a fidelidade, para o convencionado, o que conta é a fidelidade da Convenção sobre sua responsabilidade social e eclesiástica. Ela deve ser alimentada constantemente e jamais deve ser quebrada. Quando a expectativa de um se sobrepõe a do outro, a fidelidade sofre um abalo, muitas vezes irreversível.

A intenção de manter uma relação recíproca de fidelidade pode reverter em benefícios, como:

  • Melhores cursos de capacitação de obreiros;
  • Melhor satisfação com o relacionamento entre Convenção e convencionados;
  • Acesso a conhecimentos inovadores e de qualidade.

 

Quais os compromissos que assumirei com a Convenção?

O primeiro é o pagamento da anuidade. O segundo compromisso é a participação nas reuniões que ocorrem 2 vezes por ano na sede.

Comemdv

Apoiar o desenvolvimento e crescimento das igrejas e ministérios independentes.

%d blogueiros gostam disto: